Anba | 10/04/2019 20:17:27

Da Redação

São Paulo – O Brasil exportou 429 mil sacas de 60 quilos de café aos países árabes no primeiro trimestre, um crescimento de 39% sobre o volume registrado no mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (10) pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

Os embarques para a região renderam US$ 51,7 milhões, um aumento de 8,6% na mesma comparação. Com estes resultados, a participação do mundo árabe no total das exportações de café do Brasil passou de 3,9% no primeiro trimestre de 2018 para 4,3% nos três primeiros meses de 2019.

As vendas externas totais de café brasileiro de janeiro a março chegaram a 9,9 milhões de sacas, um avanço de 25,7% em relação ao mesmo período do ano passado, com receitas de US$ 1,3 bilhão, um crescimento de 2,9% na mesma comparação.

Os principais mercados no primeiro trimestre foram Estados Unidos, Alemanha, Itália, Japão, Bélgica, Turquia, Reino Unidos, Rússia, França e Canadá.

Em março, porém, o faturamento com as exportações caiu 11% sobre o mesmo mês de 2018, para US$ 379 milhões. O volume embarcado foi de 2,9 milhões de sacas, um aumento de 10%.

Apesar da receita menor no mês passado, o presidente do Cecafé, Nelson Carvalhaes, disse que o resultado das vendas foi positivo. “O Brasil apresentou boa performance mesmo estando no período de entressafra”, afirmou o executivo, segundo nota da entidade. “É importante destacar que o País registrou volumes recordes de exportação nos meses de janeiro a fevereiro”, declarou.

Ele acrescentou que o Brasil pode fechar o ano com a exportação de 40 milhões de sacas, uma quantidade recorde.

Nelson Almeida/AFP