CaféPoint | 27/07/2017 09:32:27

Com a intenção de revitalizar a cafeicultura carioca para a produção de cafés especiais e apresentar as possibilidades de agregar valor à bebida que é produzida no Estado do Rio de Janeiro, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) está participando da 15ª edição do Festival do Vale do Café, que está acontecendo na região desde a última sexta-feira (21) e segue até o próximo domingo (30).

O evento faz parte do projeto “Introdução de Cafés Especiais no Estado do Rio de Janeiro” e oferece aos visitantes a degustação de cafés de qualidade de várias regiões do Brasil.  Além do Vale do Café, a ação também é desenvolvida nas regiões Serrana e Noroeste, devido à tradição e o potencial para produção de bebidas diferenciadas.

De acordo com a gestora do programa e analista do Sebrae, Lidia Espíndola, as primeiras mudas de café foram plantadas em cinco propriedades da ação na região do Médio Paraíba, que é composta por cerca de 15 municípios e abrange 7% da população do Estado do Rio de Janeiro. Priorizando critérios de sustentabilidade, uso intensivo da tecnologia e cultivo de variedades nobres, as fazendas escolhidas foram: Aliança (Barra do Piraí); Florença (Conservatória); St. Robert (Piraí); Taquara (Barra do Piraí) e União (Rio das Flores). Todas já receberam os projetos agronômico, ambiental e da Unidade de Processamento de café; além do calendário de atividades agrícolas, do guia para torrefação do café e do Plano de Negócios.

“Com esta ação, o Sebrae tem o objetivo de disseminar na região o gosto pelos cafés especiais e, ainda, promover negócios entre os produtores, frequentadores e estabelecimentos presentes no Festival e na região”, explicou Lidia.

O Sebrae presta acompanhamento técnico às fazendas participantes e disponibiliza os recursos do Programa Sebraetec para serem utilizados. Mais informações  sobre o projeto “Introdução de Cafés Especiais no Estado do Rio de Janeiro” podem ser obtidas pelo e-mail: contatovoltaredonda@sebraerj.com.br.