Fale Conosco legendaPerguntas frequentes

Comemore: 24 de maio -Dia Nacional do Café

Data é celebrada há 16 anos em todo o País por milhares de apaixonados por café

Puro, pingado com leite, coado, filtrado, tirado de uma máquina de ‘espresso’, em cápsula, adoçado ou não, combinado com outros ingredientes, cappuccinos, com ou sem creme; não importa qual a receita ou forma de preparo, o fato é que o café está presente no dia a dia dos brasileiros de forma tão intensa que faz o país ser o segundo maior mercado consumidor do mundo, só superado pelos Estados Unidos. Uma paixão que tem até data para ser comemorada: 24 de maio, Dia Nacional do Café.

Incorporada ao Calendário Brasileiro de Eventos em 2005, por sugestão da ABIC – Associação Brasileira da Indústria de Café, a data é festejada, com muitas xícaras repletas de aroma e sabor, por industriais, produtores, exportadores, cooperativas, varejo, cafeterias, imprensa e por todos os apaixonados por este produto, que é cultivado há 289 anos em terras brasileiras, desde que as primeiras mudas foram trazidas da Guiana Francesa para Belém, no Pará, por Francisco Melo Palheta, em 1727.

O café faz parte do dia a dia de milhares de brasileiros. Consumido diariamente e em doses moderadas, de quatro a cinco xícaras ao longo do dia, o café é uma bebida natural e saudável que pode prevenir inúmeras doenças, além de ajudar a despertar, dar pique e energia. Em 2015, o consumo per capita no Brasil foi de 4,90 kg de café torrado e moído ( ou 6,12 Kg de café verde em grã), o que equivale a 81 litros por habitante/ano. Esse consumo per capita se aproxima ao da Alemanha (5,86 kg/hab.ano) e já supera os índices da Itália e da França, que são grandes consumidores de café. Mas os campeões nesse quesito, entretanto, ainda são os países nórdicos – Finlândia, Noruega, Dinamarca – com um volume próximo dos 13 kg por habitante/ano.

O Brasil, além de maior produtor e exportador mundial de café, é o segundo maior país consumidor de café (após os Estados Unidos), com o volume total de mais de 20 milhões de sacas industrializadas em 2015. Trata-se de um mercado que se renova continuamente, com os brasileiros descobrindo novas formas de preparo e de consumo. As indústrias - não só torrefadoras, mas também empresas fabricantes de produtos afins –, investem continuamente em inovação, e hoje são tantas as variedades e marcas de café, máquinas e acessórios à disposição que é possível ter uma pequena cafeteria em casa ou mesmo no escritório. Essa é uma das razões das pessoas estarem diversificando as formas de consumo nos lares, adicionando ao café filtrado também os cafés ‘espressos’, cappuccinos e outras combinações com leite, preparados em filtro ou monodoses como as cápsulas. Outra razão é a melhoria da qualidade do café que vem sendo ofertado aos consumidores.

Outro destaque do mercado brasileiro de café nestes últimos anos foram as lojas virtuais. Com elas, consumidores de qualquer canto do Brasil podem adquirir cafés de alta qualidade, de origens brasileiras e estrangeiras bem como, máquinas e acessórios ou equipamentos para preparo de cafés filtrados e ‘espressos’. 

Com seus programas de qualidade e certificação, a ABIC e suas associadas têm colaborado diretamente no bom desempenho do mercado. Desde o lançamento do Selo de Pureza, em 1989, a entidade acompanha as tendências de consumo, criando ferramentas que auxiliem as indústrias a melhor posicionar seus produtos. É o caso do Programa de Qualidade do Café (PQC), lançado em 2004 e que criou as categorias de produto Tradicional, Superior e Gourmet e do Programa Café Sustentável do Brasil (PCS), de 2006, que certifica a produção sustentável do café desde a fazenda até a indústria. 

Uma das bebidas mais antigas da humanidade, o café é um produto que se mantém jovem e permanece continuamente na vida dos brasileiros. Seja para ser tomado logo cedo, para ajudar a despertar; seja para ser saboreado prazerosamente no meio da tarde, para renovar as energias. Nesta terça-feira, seja você o barista: escolha sua xícara predileta e crie uma receita especial para comemorar o Dia Nacional do Café! 

__________________________________________________________________________________________________

 


ABIC - Associação Brasileira da Indústria de Café

Rua Visconde de Inhaúma, 50 - 8º Andar - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP 20091-007 - Tel +55 (21) 2206.6161 - Fax +55 (21) 2206.6155

Copyright © 2009 ABIC. Todos os direitos reservados. Reprodução autorizada desde que citada a fonte.