Fale Conosco Associado Portal

O café ajuda a alguém que tomou álcool a recobrar a sobriedade?

O álcool é um poderoso depressor do cérebro e é comum oferecer café a pessoas que tenham bebido muito, algo que combate em parte os efeitos do álcool. O café possui além da cafeína e seus efeitos estimulantes, os ácidos clorogênicos que durante a torra formam lactonas que possuem efeito antagonista opióide, isto é, que bloqueiam o desejo de auto-gratificação e de consumir álcool. Um dos principais remédios usados para tratar e prevenir o alcoolismo, o antagonista opióide naltrexona (nome comercial REVIA) atua da mesma forma que os compostos que existem naturalmente no café. Pessoas embriagadas podem ter parte da sobriedade restaurada através do consumo de café, um efeito temporário.

Mas o café previne o comsumo de álcool de forma mais eficaz. No Século XVII, conhecido como a Era das Bebidas, quando o consumo de vinho, cervejas e bebidas destiladas estava aumentando de forma impressionante na Europa, a introdução do saudável hábito de beber café ajudou a combater o alcoolismo em toda a Europa. Na França, por exemplo, onde os homens deixaram de ir aos “Cabarets” para se embriagarem de vinho, ficando nos “Lês Cafés” até tarde conversando e pensando, os donos dos Cabarets pediram para as bailarinas dançarem levantando as anáguas dos vestidos, originando o Can-Can. A queda da Bastilha (e a Revolução Francesa) se iniciou com o grito “As Armas” de Camille Desmoulins num café de Paris. Caso fosse num Cabaret onde todos estariam embriagados, provavelmente não existiria a Revolução e a democracia na França e no resto do mundo.


ABIC - Associação Brasileira da Indústria de Café

Rua Visconde de Inhaúma, 50 - 8º Andar - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP 20091-007 - Tel +55 (21) 2206.6161 - Fax +55 (21) 2206.6155

Copyright © 2009 ABIC. Todos os direitos reservados. Reprodução autorizada desde que citada a fonte.