Valor Online | 04/07/2018 22:19:27

Produção de café na Colômbia voltou a crescer em junho

SÃO PAULO  –  A produção de café na Colômbia voltou a registrar alta em junho deste ano. De acordo com a Federação Nacional dos Cafeicultores (FNC), no mês passado, a colheita aumentou 3,6%, para 1,087 milhão de sacas, ante 1,049 milhão de sacas em junho de 2017.

No acumulado de 2018, a colheita no país — o maior produtor de café arábica lavado do mundo — avançou 2,5%. Entre janeiro e junho, a produção colombiana atingiu 6,529 milhões de sacas de café, em comparação com as 6,372 milhões de igual intervalo de 2017.

No ano-safra 2017/18, no entanto, a produção de café no país segue em queda. No acumulado do ciclo (outubro de 2017 a junho de 2018), a colheita na Colômbia somou 10,456 milhões de sacas, recuo de 2,6% sobre as 10,739 milhões de sacas de igual período da temporada anterior, informa a federação.

Nos últimos 12 meses encerrados em junho deste ano, a produção somou 14,351 milhões de sacas, alta de 2% sobre as 14,064 milhões de sacas de igual período um ano antes.

A federação dos cafeicultores da Colômbia informou ainda que as exportações de café do país recuaram em junho passado. Segundo a entidade, os embarques totalizaram 906 mil sacas no mês, retração de 4,3% sobre as 947 mil de junho de 2017.

No semestre, as exportações registraram declínio de 3,1%. As vendas externas somaram 5,969 milhões de sacas — haviam alcançado 6,159 milhões nos primeiros seis meses de 2017.

No ano-safra, iniciado em outubro de 2017 até junho passado, o recuo nas exportações é mais significativo. Os embarques do país no período somaram 9,476 milhões de sacas, 6,8% abaixo das 10,169 milhões de sacas de igual período do ciclo anterior.

Já considerando os 12 meses encerrados em junho passado, as vendas externas de café da   Colômbia tiveram queda de 1,2%, para 12,793 milhões de sacas. No intervalo anterior, haviam somado 12,944 milhões de sacas, de acordo com a federação.