Valor 09/11/2017 18:43:00
Alda do Amaral Rocha

SÃO PAULO – As exportações brasileiras totais de café somaram 2,747 milhões de sacas em outubro passado, uma queda de 18,3% em relação às 3,363 milhões de sacas de igual mês de 2016, segundo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). Os volumes incluem café verde, torrado e moído e café solúvel. A receita com as exportações de café em outubro alcançou US$ 460,136 milhões, uma queda de 19,9% ante os US$ 574,7 milhões de outubro de 2016. Diante dos números de outubro, o presidente do Cecafé, Nelson Carvalhaes afirmou, em nota, que as exportações de café do país deverão ficar entre 30 milhões e 31 milhões de sacas em 2017, “número inferior ao dos anos anteriores, como resultado de grande influência climática na cafeicultura brasileira, e consequentemente pela menor produção de café.

“Esperamos que no próximo ano cafeeiro, o setor consiga retomar a velocidade das exportações e também com a próxima safra, que tem estimativa de início de colheita em cerca de seis meses”, acrescentou Carvalhaes.

No ano passado, a exportação brasileira de café atingiu 34,269 milhões de sacas, depois de um recorde de 37,019 milhões de sacas em 2015. Do total de café exportado pelo Brasil em outubro, 2,469 milhões de sacas foram de café arábica verde, recuo de 17,9% em relação a igual intervalo de 2016. As vendas externas de conilon verde registraram alta de 44,5% sobre outubro de 2016, para 16,592 mil sacas. O aumento é reflexo do início da recuperação da produção de conilon no Espírito Santo, após duas safras de forte queda na colheita em decorrência da seca.

O preço médio do café na exportação em outubro passado ficou em US$ 167,48 por saca, queda de 2% em relação ao valor de igual mês de 2016, segundo o Cecafé. Entre janeiro e outubro deste ano, as exportações de café totalizaram 24,750 milhões de sacas (café verde e industrializado), 10,7% abaixo das 27,7 milhões do mesmo intervalo de 2016, segundo o Cecafé. A receita com as vendas externas de café de janeiro a outubro somou US$ 4,215 bilhões, um recuo de 1,2% ante os US$ 4,266 bilhões de igual período do ano passado.

No ano-safra 2017/18 (iniciado em julho de 2017 até outubro), as exportações de café alcançaram 9,648 milhões de sacas (café verde e industrializado), queda de 15,7% sobre igual intervalo do ano-safra anterior, quando haviam sido embarcadas 11,441 milhões de sacas.