Soma das notas dadas pelos Júri Técnico, Júri Popular e de Sustentabilidade confirmou o microlote produzido no município de Piatã na Bahia como o campeão do certame.

O microlote da cafeicultora Letícia Conceição Quintela de Alcântara, produzido na Fazenda Divino Espírito Santo, em Piatã (BA) foi o campeão do 14º Concurso Nacional ABIC de Qualidade do Café, com a nota final de 8,62 pontos (em uma escala de 0 a 10). O certame, promovido pela Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC), teve 11 lotes finalistas, todos inscritos pelos organizadores dos concursos estaduais realizados no Paraná, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais e em São Paulo.

Em dezembro, na primeira etapa de classificação, o Júri Técnico, integrado por provadores e especialistas, já havia apontado esse microlote como o melhor, dando a nota de 8,60 pontos (peso de 70% na nota final). As duas etapas seguintes foram realizadas durante este mês de janeiro, e compreenderam a nota de Sustentabilidade da Propriedade (15%) e a avaliação do Júri Popular (15%), integrado por consumidores dos cinco estados participantes. A soma de todas estas notas resultou na pontuação final de 8,62 e confirmou a vitória do café da produtora Letícia Alcântara.

A somatória de notas também confirmou o 2º e o 3º colocados no Concurso: o café cereja descascado de Antônio Rigno de Oliveira, também de Piatã (BA), com a nota de 8,57 pontos, e o microlote de Manoel Protázio de Abreu, de Dores do Rio Preto (ES), com a nota de 8,56 pontos.

Leilão

Hoje, dia 30 de janeiro, abriremos o leilão de todos os lotes deste concurso. O pregão terá lance mínimo equivalente a 70% acima da cotação BMF/Bovespa de segunda feira (29), e estará aberto até dia 8 de fevereiro. Podem participar torrefadoras, cafeterias e demais pessoas jurídicas interessadas.

RESULTADO FINAL DO LEILÃO