Tamanho da fonte

A ABIC monitora a pureza e a qualidade de café realizando mais de 3.000 análises de café por ano.

As amostras são coletadas nos pontos de venda por auditores independentes, codificadas, e analisadas em laboratórios credenciados, garantindo total isenção do processo. Só é fornecida autorização de uso do Selo de Pureza na embalagem aos produtos puros.

Além de ter sido o responsável pelo crescimento do mercado doméstico nos anos de 1990, o Programa continua sendo fundamental para o combate à fraude e à comercialização de cafés de baixíssima qualidade e com alto percentual de impurezas. No caso de empresas associadas com marcas impuras, são abertos processos administrativos com penalidades que chegam à exclusão do quadro social. No caso de empresas não associadas, além da expedição de comunicados a elas, são enviadas comunicações para Ministérios Públicos, Anvisa e PROCON, entre outros.