Tamanho da fonte

O consumo de café em cápsula tem crescido continuamente em todo o mundo e também no Brasil. Praticidade, conveniência e alta qualidade explicam o sucesso dessas monodoses e seu alto valor agregado. Atenta ao desenvolvimento vertiginoso que vem tendo este segmento no país, a ABIC desenvolveu, em 2016, um programa de certificação com metodologia específica para avaliação do café em cápsula.

Para a entidade, o crescimento desse segmento de mercado poderá gerar boas oportunidades de negócios a inúmeras empresas de todos os portes; entretanto, é preciso auxiliar e apoiar o industrial no conhecimento dos atributos de qualidade de café em cápsula, a fim de que ofereça aos consumidores qualidades diferenciadas.

Com esse programa de Certificação de Café em Cápsulas a ABIC pretende oferecer ao industrial uma avaliação global do seu produto, como as características da crema (cor, brilho, persistência, consistência), os atributos da bebida, como amargor, adstringência, corpo e sabor, e a intensidade da bebida, que é o grau de persistência do aftertaste (retrogosto), avaliado em uma escala de 0 a 10 (do mais suave ao mais forte). Além da avaliação das características físicas, como peso do café, ponto de torra, granulometria e espessura da crema, entre outros.

Ao consumidor a certificação permite uma melhor identificação da intensidade do produto e auxilia na escolha o sabor que mais lhe agrada.