A Tribuna – Santos – 14/04/2018 09:07:58
Café pode ser consumido de três a quatro xícaras ao longo do dia (Foto: Claudio Vitor Vaz/A Tribuna)

Não importa a forma de preparo: no coador de pano, no filtro de papel, em cápsulas, expressos, puro ou com leite. O café é parte integrante do imaginário nacional. Mas você sabia que além de saboroso, o café pode fazer bem à saúde?

Consumida diariamente e em doses moderadas, de três a quatro xícaras ao longo do dia, a bebida é uma boa fonte de energia e disposição.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), o consumo diário também pode contribuir na prevenção de várias doenças, como diabetes do adulto, câncer de cólon, de fígado e de mama, e doença de Parkinson, entre outras.

A nutricionista Patrícia Ribeiro explica que a bebida pode ter benefícios e malefícios e que o ideal é que ela seja consumida sem açúcar ou adoçante. “O café tem os dois lados. E isso vai depender de como a pessoa está consumindo. Como por exemplo, a quantidade, tipo de café, concentração de cafeína e acompanhamentos”.

Se for consumido coado, café não aumenta o colesterol (Foto: Claudio Vitor Vaz/A Tribuna)

Consumo ideal

A especialista orienta que o café deve ser ingerido durante o período diurno, sendo a primeira xícara tomada na primeira hora após o despertar, e as demais, com intervalos mínimos de duas horas. “O ideal é  reduzir o consumo no período do início noite, pois é quando que o cérebro começa lentamente a diminuir sua atividade, iniciando o ciclo do sono”.

Outro alerta feito por Patrícia é para as pessoas que têm colesterol alto. “É preciso ter cuidado e atenção ao preparar a bebida. O café possui substâncias, como o cafestol, que podem aumentar o colesterol. Mas se for consumido coado, essa substância não passa para a bebida”.

Patrícia explica ainda que é preciso tomar cuidado com os excessos. “É importante que as pessoas consumam com moderação. Além disso, o café não é recomendado para pessoas muito ansiosas, agitadas, que dormem mal ou até mesmo quem têm complicações no rim”.