UOL – 09/08/2018 – 12h06

SÃO PAULO (Reuters) – O Brasil deve produzir um recorde de 57,2 milhões de sacas de café neste ano, projetou nesta quinta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em um ligeiro corte ante a estimativa anterior, de 57,3 milhões de sacas.

O volume é consideravelmente maior na comparação com os cerca de 46 milhões de sacas registrados no ano passado e reflete a bienalidade positiva do arábica, principal variedade cultivada no país.

Conforme o IBGE, a produção de arábica deve alcançar 43,1 milhões de sacas, enquanto a de conilon (robusta), 14,1 milhões de sacas.

O Brasil é o maior produtor e exportador global de café. Um aumento na colheita contribuiria para que o país recompusesse seus estoques, que fecharam a safra passada no menor nível em seis anos.

(Por José Roberto Gomes)